PALAVRA DO PÁROCO JANEIRO 2018

Adeus, Ano Velho! Feliz Ano Novo!
>
Estimados irmãos e irmãs, graça e paz!
Iniciamos um novo ano e tenho certeza que muitos cantaram, ouviram ou se
recordaram deste refrão: “Adeus Ano Velho! Feliz Ano Novo! Que tudo se realize no
ano que vai nascer. Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender!” Passagem de
ano deve ser sempre um momento oportuno para fazer um balanço de nossa vida,
daquilo que fizemos, dos passos que foram dados, dos crescimentos que tivemos, das
alegrias, das conquistas e vitórias, mas também de perceber aquilo que não foi tão
positivo como gostaríamos.
Dar adeus para o ano velho deve ter real sentido quando conseguimos acolher
as coisas boas que nos acompanharam e dizer um “basta” àquilo que nos trouxe
infelicidades e consequências desastrosas. Um novo ano já nasceu, como também
celebramos há pouco o Mistério da Encarnação do Verbo Eterno, Jesus Cristo, nascido
de Maria, sempre Virgem. Realmente este ano será novo, se eu e você, estivermos
dispostos a deixar Deus fazer novas todas as coisas: novos propósitos, novas atitudes,
novos anseios de transformação…
Querer dinheiro em abundância é algo tentador. Aliás, para que tanto dinheiro
no bolso? Daríamos conta de bem administrar? Afinal, diz-nos Jesus que “quem é fiel
nas pequenas coisas será fiel nas grandes, mas quem é infiel nas pequenas coisas,
também será infiel nas grandes”. Olhando o quadro político de nossa nação, diante de
tanta corrupção, mentiras e enganos, violência, falta de saúde, desemprego…
pergunto-me: Para que tanto dinheiro, se aqueles que muito tem querem mais e não
sabem como utilizar? Se o dinheiro em nosso país fosse bem administrado, não
haveria uma minoria de pessoas com “muito dinheiro no bolso”, em contraste àqueles
que às vezes “nem bolso”(moradia, emprego, saúde, educação, dignidade, segurança,
aposentadoria…) tem para depositar suas “poucas moedas”.
Peçamos em oração constante que não fiquemos nos propósitos de um novo
ano, mas façamos o novo acontecer a cada dia nas pequenas coisas e na simplicidade
dos gestos. Não nos deixemos contaminar por este vírus da corrupção e da
indiferença. Pela graça de Deus e intercessão da Santa Mãe de Deus, sejamos
instrumentos de paz e de concórdia, caminhando à luz da Palavra de Deus que nos
aponta o caminho que nos garante o Reino de Deus: um novo céu e uma nova terra!

>

Pe. Thiago R. dos Santos



VOLTAR



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

 

 
 
© 2014 - Paróquia Santa Mena - Todos os Direitos Reservados
Av. Suplicy, 197 - Jardim Santa Mena - Guarulhos/SP - Tel: (11) 2455-9434


Este website é melhor visualizado em 1280x900px - Preferencialmente utilizar Internet Explorer 9 ou Firefox 28 Pode haver erros em navegadores inferiores.