História

Nasceu em Toulosse, próximo de Neufchateau, na França. Seu pai, rico senhor descendente de uma família de príncipes. Logo foi apresentada ao bispo de Châlons, D. Memmie, para ser batizada. Ainda jovem, a trouxeram de volta para Châlon, onde foi colocada por D. Memmie em um convento. Todos admiravam suas belas qualidades, logo ela desenvolveu uma virtude muito rara, a constância. Seus pais a retiraram do convento e apresentaram–na à corte. Mena foi logo pedida em casamento por vários príncipes.

Seu pai apoiava suas intenções mas a Santa moça, que tinha se entregado a Deus, nunca consentiu.
Assim, ela fechou os olhos para as honras, riquezas e os prazeres que o mundo se apressava em lhe oferecer, pois tudo estava a seu alcance mas não lhe satisfazia, era desapegada.

Seu pai persistia em lhe fazer aceitar a mão de um grande senhor a quem ele tinha dado sua palavra.Surpresa com esta decisão, Mena suplica ao Senhor, e por sua inspiração saiu secretamente do castelo do seu pai e se dirigiu para Châlons. Enquanto D. Memmie celebrava a Santa Missa, Mena se dirige com olhos cheios de lágrimas e suplica a D. Memmie para consagrá-la a Deus para o resto de seus dias. Espantado com esta proposta, ele se recusa em fazê-lo sem oconsentimento de seus pais, mas de repente o véu se eleva no ar diante de toda assembléia, confirmando o sinal de Deus, em seguida desce lentamente e se coloca sobre a cabeça da jovem.

Com este prodígio, D. Memmie conhece a vontade divina, termina a cerimônia e consagra Mena religiosa e a retém algum tempo em Châlons. Deus a honrou enquanto viva com o Dom dos Milagres. Ela entrou na glória celeste em 03 outubro.



VOLTAR



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

 

 
 
© 2014 - Paróquia Santa Mena - Todos os Direitos Reservados
Av. Suplicy, 197 - Jardim Santa Mena - Guarulhos/SP - Tel: (11) 2455-9434


Este website é melhor visualizado em 1280x900px - Preferencialmente utilizar Internet Explorer 9 ou Firefox 28 Pode haver erros em navegadores inferiores.